Passado e Presente de Dois Córregos - SP

O Que é o Radioamadorismo

“O RADIOAMADORISMO É UM HOBBY CIENTÍFICO COM DIVERSAS MODALIDADES. O RADIOAMADOR É A PESSOA QUE PROCURA MANTER FUNCIOANDO UMA ESTAÇÃO DE RADIOCOMUNICAÇÃO, ORA PARA COMUNICADOS E CONVERSAS INFORMAIS BEM COMO PARA CONCURSOS E COMPETIÇÕES NACIONAIS E INTERNACIONAIS. ALÉM DOS “BATE-PAPOS” E CONTESTES, O RADIOAMDOR PODE AUXILIAR AS AUTORIDADES DE DEFESA CIVIL NAS SITUAÇÕES DE RISCO E CALAMIDADES PÚBLICAS, LEVANDO AS COMUNICAÇÕES AOS MAIS LONGÍNQUOS RINCÕES”

1) PONDERADO - O Radioamador é ponderado e atencioso e jamais usará sua estação para prejudicar a atividade dos demais;

2) LEAL – O Radioamador é leal e oferecerá sua lealdade, encorajamento e apoio aos seus companheiros, ao seu clube local e à sua entidade que o representa em seu país;

3) PROGRESSISTA – O Radioamador é progressista e manterá sua estação sempre atualizada tecnologicamente, conservada e bem instalada e operando com eficiência;

4) AMISTOSO – O Radioamador é amigo e paciente com os demais colegas, principalmente se forem iniciantes. Aconselha e auxilia os principiantes. Presta assistência e colaboração. Considera e coopera com o interesse alheio. Estas são as características do espírito do radioamadorismo;

5) EQUILIBRADO – O Radioamador é equilibrado. O rádio é seu passatempo e ele nunca permitirá que o seu hobby interfira em quaisquer de seus deveres e obrigações domésticas, profissionais, escolares ou para com a comunidade em que vive;

6) PATRIÓTICO – Sua estação e o suas habilidades sempre estão disponíveis para prestar serviço ao seu país e sua comunidade.

O Radioamadorismo é um hobby democrático, que não tolera discriminações sociais, raciais ou políticas. Pouco importa para o Radioamador se seu colega do outro lado não compartilha das mesmas crenças ou orientações políticas e muito menos se ele é de uma ou outra raça. O radioamadorismo forma uma imensa comunidade mundial onde as diferenças não existem e o que importa é que todos tenham o mesmo interesse comum.







28 de fev de 2010

RADIOAMADORISMO & RADIOAMADOR

O que significa radioamadorismo e O que significa ser radioamador ?
Quais são as imagens que se desenham na tua mente quando você ouve estas palavras ?
Imediatamente pensas no Código Morse, em experimentadores com equipamentos de rádio, e nas notícias sobre radioamadores que enviam mensagens sobre algum desastre natural como os terremotos e enchentes ?
Bem em principio os radioamadores ocupam-se de todas estas coisas pôr simples satisfação amadorística e amor ao próximo.
Sua denominação oficial é Serviço de Radioamador, cuja definição já foi especificada já a muitos anos atras pela UIT, que é a seguinte :
Serviço de radiocomunicação que tem pôr objetivo a instrução individual, a intercomunicação e os estudos técnicos efetuados pôr radioamadores, isto é, pôr pessoas devidamente autorizadas que se interessam pela radiocomunicação e pela rádio técnica com caracter exclusivamente pessoal, sem fins comerciais e de lucro.
Comunicação e experimentação : estas são as finalidades do radioamadorismo é a motivação para pessoas de todos os níveis sociais de se tornarem radioamadores.
Jovens e pessoas mais maduras desfrutam juntos a emoção de encontrar e intercambiar idéias com pessoas ao redor do mundo.
É quase impossível descrever em palavras, a excitação ao construir uma antena ou equipamento, e consequentemente um novo circuito para logo conseguir que comporte-se como deve, para poder incorpora-lo como um aperfeiçoamento da estação.
Toda estação de radioamador possuem um indicativo de chamada, com o qual se identifica.
Os indicativos e os prefixos tem sido atribuídos em âmbito mundial pela União Internacional de Telecomunicações UIT.
Pôr exemplo : os indicativos de chamada cuja s primeiras letras são –AA-, -AL-, -K-, -N-, ou –W-, pertencem aos Estados Unidos da América.
Um dos indicativos de chamada mais conhecidos no mundo inteiro é : W1 A W, que pertence e identifica a estação da American Radio Relay League, a associação dos radioamadores americanos e que foi fundada pelo Hiran Percy Maxim, no mês de maio de 1914.
Os indicativos de chamada são de âmbito mundial e são alfa numéricos.
Os indicativos de chamada do radioamador divide-se em duas partes, o prefixo e o sufixo como pôr exemplo no meu indicativo que é : PY 2 M X K, as duas primeiras letras é o prefixo (PY), e representa o pais em que o radioamador esta sediado, no meu caso é o Brasil (PY), o numeral 2, em seguida representa a região em que o rádio amador encontra-se localizado, no meu caso é o Estado de São Paulo, 2. região.
Os países radioamadoristicamente estão divididos em 10 regiões, pôr exemplo : o Brasil possui 10 regiões sendo de PY1 ate PY9 que representam o território e o PY0 representa as ilhas oceânicas bem como a base Comandante Ferraz la na Antártida, alem de ser o indicativo de chamada espacial, haja visto de que o primeiro astronauta brasileiro Major Marcos Pontes em sua estada na plataforma espacial ISS, orbitando a 400 kilometros de altura utilizou nesta o indicativo PY0 A E B, Agencia Espacial Brasileira, para contatos com radioamadores do mundo todo.
Em seguida vem M X K que é o sufixo pelo qual eu sou identificado e individualizado, pois não existe no mundo outro indicativo igual, e é pôr este indicativo que sou conhecido nas ondas do rádio, e ate fora do rádio também
Os radioamadores vivem tão identificados com o indicativo de chamada de sua estação, que quasi sempre a pessoa e o indicativo estão intimamente ligados na mente dos amigos e colegas.
A maioria dos radioamadores ignoram de quem se trata ao falar no rádio, como exemplo temos o senador Goldwater dos Estados Unidos.
O rei Hussem da Jordânia é outro radioamador que é conhecido simplesmente pôr JY1, entre todos seus amigos do éter.
Outro tanto ocorre com o rei da Espanha, Juan Carlos, EA0 J C.
Igualmente existem reis, políticos proeminentes e artistas famosos que constam das listas de radioamadores, estas nutrem-se em sua maioria de pessoas de todos os níveis sociais, de todas as idades, de todos os credos, desde adolescentes ate as pessoas mais idosas que já passaram dos oitenta anos, e que ainda desfrutam as alegrias proporcionadas pelo rádio.
Muitas pessoas invalidas tem a radiocomunicação amadora como a única fonte de comunicação e diversão.
A eletrônica, aparece rodeada de certa aura de mistério para a maioria das pessoas, apesar de que tem um papel primordial na vida cotidiana.
O leigo na mateira experimenta certa confusão ante as palavras tais como Ohms, Volts, ampères, watts.
Porem uma vez que alguém explique com uma linguagem simples os conceitos fundamentais, os ditos vocábulos perdem seu ocultismo e já não inspiram temor nenhum.
Sempre aparecem radioamadores em locais inesperados.
O Dr. Peter Pehem, 5Z4 J J, é um dos médicos volantes na África.
Vive em uma pequena aldeia situado no lado setentrional do Monte Kilimanjaro, Kenia.
Houve um tempo, que já faz muitos anos, em que não existia equipamentos industrializados para radioamador.
Os pioneiros radioamadores que iniciaram suas atividades esforçaram-se em descobrir sistemas cada vez mais eficazes para poder comunicar-se entre si.
Todos os equipamentos daquela época foram de fabricação caseira e tiveram a capacidade suficiente para manter as comunicações a distâncias cada vez maiores.
Alguns daqueles transmissores consistiam simplesmente em uma seção de fio de cobre enrolado ao longo de uma cartolina e unido eletricamente a poucos componentes básicos e normalmente um arame esticado que servia de antena.
A Miúdo a comunicação somente podia ser estabelecida em um único sentido, com uma estação transmissora que fazia enlace com varias estações receptoras.
Através dos anos os radioamadores vem esforçando-se sempre para descobrir a forma de transmitir melhor e conseguir maior alcance.
Todavia hoje em dia esforçam-se constantemente em melhorar suas comunicações tratando de desenvolver e fazer progredir a arte da comunicação elétrica.

Meus sinceros agradecimentos ao autores desta marteria senhores Mário Py2 MXK e Léo Py2 MOK, que me inviaram por email.

25 de fev de 2010

Vamos Testar sua Audição

Frequências entre 18KHz e 20KHz só podem ser ouvidas pelos jovens. Entenda melhor
Nós somos capazes de detectar ou não algumas frequências sonoras de acordo com a nossa idade. Quanto mais velho você for, menor é a freqüência que consegue ouvir. Existe, inclusive, uma freqüência específica que a maioria das pessoas com mais de 25 anos não consegue captar. É um apito chatinho, incômodo. Algumas lojas usam como “espanta-adolescente”, uma espécie de aborrecenticida.
Alguns adolescentes até estão usando esta frequência como ringtone. Dessa forma, eles podem atender o celular durante a aula ou sem que os pais percebam.
Clique neste link abaixo para vc testar sua audição

6 de fev de 2010

GRID LOCATOR - Como Saber !

Irá abrir o mapa do Google, dentro da página do colega radioamador da França. Com a mãozinha como ponteiro do "mouse" você arrasta o mapa para a América Latina e no nosso caso específico para o Brasil.
Após isso você usa as ferramentas de "zoom" que estão do lado superior esquerdo do mapa. Clicando-se no sinal mais, aumenta-se o zoom e no de menos diminui-se o "zoom. As outras setinhas de cima, fazem com que o mapa ande para a direita, esquerda, para cima e para baixo. Ao achar o local do seu QTH, clique no mapa que irá abrir uma janelinha com a sua localização, tanto em coordenadas cartesianas como também aparecerá seu GRID LOCATOR.
Link:
http://f6fvy.free.fr/qthLocator/fullScreen.php

Tenho um Grid Locator - Quero saber onde fica!

Agora vamos ao processo inverso. Eu tenho um Grid Locator e quero saber onde ele fica. É muito fácil agora e só colocar o Grid Locator, por exemplo, GG87jb na janela do lado esquerdo do botão LOCATE (fica na parte de baixo do mapa). Pode usar tudo em letras minúsculas. Colocou o Grid Locater ali é só clicar no botão LOCATE que o retângulo irá aparecer no mapa do GOOGLE. Para dar o zoom, use o mesmo procedimento utilizado acima. Clique várias vezes no quadrinho que contem o sinal de mais. Este quadrinho está do lado esquerdo do mapa.
Link para o inverso
http://f6fvy.free.fr/qthLocator/fullScreen.php